Como driblar os desafios da contabilidade hoteleira e se preparar?

Tempo de leitura: 6 minutos

O mercado brasileiro tem proporcionado uma maior abertura a hotelaria. Consequentemente, essa área vem crescendo e se complexificando, promovendo outros investimentos associados ao setor hoteleiro. Porém, tal empreendimento ainda tem esbarrado em algumas dificuldades, principalmente no que se refere a contabilidade hoteleira.

Atualmente, a contabilidade pode ser uma boa ferramenta ao se investir em qualquer negócio. E isso não seria diferente com a gestão financeira de hotéis e pousadas.

Foi pensando nessa dificuldade que elaboramos este post. Você quer conhecer mais sobre contabilidade hoteleira e entender como alavancar seu negócio a partir de uma administração financeira eficiente? Continue a leitura e aproveite as dicas!

Entenda por que a contabilidade hoteleira é importante

Como mencionamos, o ramo da hotelaria tem tido forte crescimento no país, o que faz com que quem investe nesse negócio tenha que lidar com uma grande concorrência.

Esse aspecto, por si só, já justificaria o investimento em contabilidade hoteleira. Isso porque a grande concorrência pode representar riscos ao seu negócio, principalmente se você não se organizar financeiramente.

E é claro que ter como foco a contabilidade e gerenciamento dos gastos do seu estabelecimento pode te propiciar muitas vantagens. Uma delas é que você pode se planejar melhor, pois saber exatamente os rendimentos do seu negócio faz com que você possa aproveitar melhor seu lucro.

Porém, para que isso ocorra você também precisa de metas claras e bem estabelecidas de acordo com o que você espera do seu negócio, não é mesmo?

Muitas vezes é necessária alguma mudança, aprimorar algo que já não está atendendo tão bem as necessidades e investir em novos produtos para seus hóspedes.

É por isso que é necessário ter em mente os investimentos que você pode fazer a curto prazo, mas também aqueles que só poderão ser concretizados futuramente.

Outro aspecto importante é estar atento a datas. Tanto a temporadas que você percebe uma maior entrada de capital quanto períodos em que você deve pagar dívidas mais consideráveis.

Ou seja, além de ter que se manter financeiramente mais organizado, o setor hoteleiro exige uma certa flexibilidade. Atentar a maiores demandas e ajustar preços em baixa temporada são uma delas.

Essa característica faz com que a hotelaria não possua um lucro constante, de modo que alguns gastos devem ser evitados mesmo que a entrada de dinheiro seja maior.

Conheça os principais desafios para gestão hoteleira

Uma das maiores dificuldades encontradas pelos investidores é saber discriminar, por meio de seus registros, seus lucros reais — contabilizando o retorno que cada serviço oferecido no estabelecimento traz — e quais investimentos são necessários.

É por isso que o grande desafio é fazer com que os recursos adquiridos tenham um direcionamento adequado. Saber com o que você gastou, para qual setor foi o dinheiro e o que teve como retorno torna sua organização financeira o ponto forte do seu estabelecimento.

Contudo, ainda é muito comum a dificuldade em registrar todos os gastos.

Ao manter sua gestão com foco na contabilidade hoteleira você pode alcançar resultados e cumprir metas desejadas, calcular riscos e saber onde pode investir mais ou menos.

Outra dificuldade muito comum na área, quando não se providencia uma organização financeira constante, é enxergar possibilidades de fazer economias. Fazer economia no gerenciamento de alimentos e demais produtos em seu estabelecimento pode ser uma grande vantagem.

Porém, você deve estar muito atento e tomar cuidado para não perder em qualidade. Se seus hóspedes ficarem insatisfeitos com o serviço oferecido é possível que você corra riscos de ter prejuízos.

Diante de todas essas variáveis, você pode ter identificado várias de suas dificuldades ao tentar controlar os gastos do seu estabelecimento. Principalmente por se tratar de um setor tão complexo onde variados gastos estão em jogo.

Isso pode se tornar um desafio muito pior quando a gestão financeira está desorganizada. Um risco evidente, nessas circunstâncias, é achar que a entrada em capital corresponde ao seu lucro e fazer gastos desnecessários, podendo ficar no vermelho.

Desde que você tenha em mente a importância da contabilidade hoteleira e se organize financeiramente, você pode virar o jogo. Direcionando os investimentos para os setores certos e tendo consciência de todos os gastos, seu negócio poderá crescer.

Ou seja, a gestão financeira pode, realmente, representar um empreendedorismo para seu estabelecimento.

Registrar todas as movimentações e identificar onde é necessário reduz custos são processos essenciais.

A partir disso, elaboramos algumas dicas essenciais para você desenvolver melhor os seus recursos, fazendo seu estabelecimento crescer! Acompanhe a seguir:

1. Elabore um planejamento objetivo

O foco é planejamento! Elabore um planejamento claro e objetivo para seu estabelecimento. Tenha em mente o que é prioridade e, a partir disso, pense em suas metas e expectativas.

Você deve analisar suas condições e estudar o que é possível alcançar a curto, médio e longo prazo. Organize-se para suprir todas as demandas básicas para que você possa, posteriormente, direcionar seu capital para futuros investimentos.

2. Mantenha o controle do fluxo do caixa

Como mencionamos no post, esse pode ser um grande desafio. Por isso, fique atento, saiba quanto dinheiro sai e quanto dinheiro entra diariamente.

Tenha esses dados organizados para que você possa acompanhar todo movimento das suas finanças. Assim, será muito mais fácil prever quanto você terá de lucro e em quais momentos será necessário ter mais gastos.

3. Organize as datas e pagamentos

Faça um calendário em que as datas de pagamentos importantes estejam organizados. Assim você poderá evitar o esquecimento de pagamentos importantes como impostos.

Quanto mais detalhado for seu calendário, com todos os pagamentos dos próximos meses, mais fácil será se manter em dia com as contas.

Identifique em seu calendário quais são as despesas maiores e quais são as despesas mais amenas e se programe para elas.

4. Experimente adotar um software de gestão

Atualmente, com tantas possibilidades tecnológicas em nossas mãos fica ainda mais fácil ter um controle de gestão. Os softwares de gestão oferecerão a você mais praticidade e automação para acompanhar metas estabelecidas e cumpridas e definir as métricas de acompanhamento.

A vantagem é poder perceber problemas rapidamente e conseguir contorná-los da melhor maneira possível.

Em meio as próprias especificidades e considerando ainda que o setor hoteleiro vem passando por um cenário de grandes concorrências, torna-se necessário investir na contabilidade hoteleira. Como vimos, uma boa organização financeira, ao considerar a estrutura própria de seu negócio e suas potencialidades podem ajudar com que ele cresça de maneira eficiente.

Você gostou do nosso post? Acha que ele ajudou a perceber algumas dificuldades e os desafios da contabilidade hoteleira? Então, continue aprendendo! Acesse nosso artigo sobre as 9 dicas essenciais para ter uma boa gestão financeira do seu hotel!

Sobre Cachoeira

Co-Fundador CEO da HMAX Automação Hoteleira.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *