Gestão de custos: como realizar uma gestão eficiente no setor hoteleiro?

Tempo de leitura: 6 minutos

Promover uma gestão de custos eficiente e manter a disciplina necessária na hora de tomar as decisões mais importantes é um grande desafio. Mediante a acirrada concorrência, tais medidas sinalizam a estabilidade da saúde organizacional, bem como a sustentabilidade necessária à continuidade dos negócios.

Considerar os impactos dos custos sobre o fluxo de caixa da empresa é fundamental. Se a gestão financeira cometer deslizes recorrentes e não focar em ações de viabilidade econômica, poderá comprometer seriamente todo o investimento.

Entre os principais cuidados para melhorar a gestão, analisar criteriosamente os compromissos financeiros e detalhar as despesas fixas e variáveis em uma planilha é essencial para garantir o controle de qualidade.

Se você está em busca de alternativas que sinalizem medidas importantes para otimizar a gestão de custos em seu hotel, este é o caminho. Boa leitura!

Quais são os custos que mais impactam a rede hoteleira?

Como é comum em todo empreendimento, é preciso estar atento às principais despesas que mais desafiam a gestão de custos na rede hoteleira. Isso é importante para facilitar o controle de gastos e possibilitar um planejamento adequado pelo setor financeiro.

Se a gestão consegue identificar quais são os principais custos, ficará bem mais fácil organizar as finanças considerando o foco nessas questões. Permite ainda a busca de soluções viáveis para a redução de despesas, o que impacta em mais economia, mas sem diminuir a excelência dos serviços prestados pelo hotel.

Entre os custos operacionais que merecem atenção dos gestores, confira os principais.

Custos com folha de pagamento e serviços básicos

Independentemente do tamanho do hotel ou da região em que está localizado, a manutenção da folha de pagamento abarca uma grande soma mensal. Logo, o gasto com funcionários possui um impacto bastante significativo na somatória das despesas fixas da empresa.

Um alternativa para reduzir esses custos é buscar serviços terceirizados: segmentos como limpeza, jardinagem e almoxarifado podem ser feitos por empresas contratadas. Tal medida pode viabilizar uma solução mais econômica e, em longo prazo, contribuir para a redução das despesas finais.

Custos com marketing

Todo negócio precisa ser divulgado e se tornar conhecido. Além de garantir a captação de novos clientes, a implementação de estratégias de marketing são necessárias até mesmo para incomodar a concorrência.

No entanto, faça um prévio controle financeiro e um planejamento criterioso para limitar os valores que serão investidos. Além de diversificar as campanhas, procure suspender ações e canais que não estão atingindo a expectativa e gerando despesas desnecessárias para o setor financeiro de seu hotel.

Custos com energia elétrica

O primeiro passo para economizar nessas contas é investir em políticas sustentáveis para a economia de energia, já que esses custos representam uma considerável parcela no total de despesas do hotel.

Para reduzir esses gastos, invista em políticas de treinamento e de conscientização dos colaboradores. Eles devem ser orientados a utilizar somente o necessário. Além de ser ecologicamente correto, atitudes sustentáveis podem impactar positivamente no consumo de energia do seu hotel.

Como otimizar a redução de custos em seu hotel?

Para reduzir custos em seu hotel, às vezes, basta fazer pequenas adaptações. Selecionamos algumas dicas que podem ser úteis para facilitar a compreensão do que é preciso fazer para melhorar a gestão de custos na rede hoteleira. Confira!

Estabeleça procedimentos como padrão

Os procedimentos de rotina utilizados em seu hotel impactam consideravelmente a planilha de custos. Organize os gastos com a recepção, infraestrutura, os recursos humanos (RH) e com o marketing.

Definir previamente como serão estabelecidos os critérios de investimento é uma forma segura de evitar gastos desnecessários em seu hotel. Além da criteriosa organização, o adequado planejamento é essencial para atingir essa meta.

 Analise a necessidade de assistência contábil

Se você trabalha com um pequeno hotel, é registrado no Simples, tem poucos funcionários e seu empreendimento ainda é muito sazonal, avalie a necessidade de despesas com contabilidade. Diante de excelentes programas e recursos tecnológicos disponíveis para auxiliar a gestão hoteleira, será que não valeria a pena testar um desses serviços?

Ainda que pareça estranho, há muitos programas bons, de custo baixo e de fácil utilização, que podem ser úteis no gerenciamento de suas questões tributárias, como também de folha de pagamento, tributos, licenças e outras despesas. Lançar mão dessas ferramentas resultaria em uma substancial economia, o que possibilitaria o investimento em outras áreas da empresa.

Considere a terceirização dos serviços básicos

Pequenos trabalhos digitais, campanhas de marketing, elaboração de flyers ou compromissos de rotina como limpeza, lavanderia, passadoria e manutenção hidráulica são tarefas que podem ser terceirizadas.

Se tudo isso é feito pelos seus colaboradores efetivos, calcule o valor gasto com esses serviços e analise se há alguma forma de cortar gastos. Considere os custos de RH, os encargos e tributos exigidos para a manutenção de um funcionário. Vale lembrar que muitas dessas tarefas são feitas periodicamente, o que pode justificar a terceirização.

Negocie taxas menores com os parceiros

Quanto você tem gasto com taxa das administradoras de cartão de crédito? E com serviços de bancos, contratos online e similares? Eventualmente, procure negociar taxas e prazos maiores para pagamentos de parceiros e fornecedores. Não perca tempo e negocie direto com a fonte: procure o responsável financeiro e abra o jogo.

Para alcançar seus objetivos e diminuir os gastos, você pode se justificar pelo cenário econômico do país — a queda no consumo, a sazonalidade e tudo o que possa ser favorável à redução de custos em sua empresa.

Busque conhecer as métricas e os valores básicos sobre os quais as taxas são estabelecidas. Quando o conhecimento é aliado a uma boa argumentação, a possibilidade de conseguir economizar fica bem mais próxima de ser concretizada.

Utilize recursos tecnológicos

Para dinamizar a gestão de custos você pode optar pelos recursos tecnológicos disponíveis. Há diversas ferramentas — como os softwares específicos para rede hoteleira — que podem ajudar na integração dos setores e promover a redução das despesas.

A maior parte dos segmentos de rede hoteleira utiliza esses recursos para tornar a gestão de custos mais eficiente. Uma das principais vantagens de adotar esses serviços é o custo-benefício: por um pequeno investimento mensal a sua empresa pode implementar essas ferramentas para maximizar a lucratividade e agregar valor positivo à marca.

Gostou de saber como tornar a gestão de custos mais eficiente? Teria alguma opinião diferente e gostaria de compartilhar conosco? Deixe o seu comentário!

Sobre Cachoeira

Co-Fundador CEO da HMAX Automação Hoteleira.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *