INFORMATIVO – Boletos Bancários – Alteração na emissão

Tempo de leitura: 3 minutos

 

Para você que utiliza o módulo Boletos Bancários no Hmax.

Evite os transtornos “Título inexistente” ou “Estorno de pagamento de títulos”, efetuando os registros de todos os seus boletos emitidos. Caso tenha emitido boletos e não fez o registro, seu cliente ao efetuar pagamento do boleto poderá ter estas dificuldades.  Caso sua carteira bancária não seja com registro, faça a adequação junto ao banco e ao sistema Hmax.   

Nosso foco é oferecer produtos e serviços cada vez melhores, e garantir a melhor experiência de uso de nossas ferramentas. E, por isso, transparência e segurança serão sempre prioridades para nós.

Como deve ser de conhecimento, a extinção do boleto sem registro segue a determinação da FEBRABAN – Federação Brasileira de Bancos, com o intuito de criar um mecanismos que trazem mais controle e segurança a esse meio de pagamento e garantir mais confiabilidade e comodidade aos usuários. Por meio da Carta Circular nº 2.414, que determinou procedimentos para a implantação da compensação eletrônica de cobrança, ou seja, desde 24 de março de 2018, os boletos de cobrança de valores igual ou acima de R$ 800,00, os bancos só receberão boletos com registro, os demais valores deverão seguir o cronograma de implantação:

CRONOGRAMA

  • A partir de 25 de agosto/2018 – R$ 400,00 ou mais
  • A partir de 13 de outubro/2018 – R$ 100,00 ou mais
  • A partir de 27 de outubro/2018 – R$ 0,01 ou mais
  • Em 10 de novembro/2018 – processo concluído, com a inclusão dos boletos de cartão de crédito e de doações, entre outros

Um dos principais benefícios é a maior segurança nas transações via boleto, uma vez que todos os documentos serão registrados no sistema bancário, com garantia de origem da cobrança.

Boleto com registro: na prática, o que muda?

Veja algumas mudanças trazidas pelo boleto com registro:

  • Dados cadastrais do pagador devem estar completos: os documentos de cobrança devem ser emitidos com nome, CPF/CNPJ e endereço;
  • Registro do boleto no banco: o boleto deve também ser registrado no banco antes do pagamento – via arquivo de remessa gerado pelo sistema Hmax;
  • Empresas deverão contratar novos convênios, agora com registro. Quem usa o módulo Boletos Bancários no Hmax, deverá homologar e/ou validar a emissão dos boletos junto ao gerente ou departamento técnico responsável;
  • Consumidor poderá pagar o boleto em qualquer banco. Será possível também pagar o boleto após o vencimento em qualquer agência bancária e em qualquer canal de atendimento;
  • Cálculo de juros e multas será na hora. Informações serão trazidas automaticamente no momento do pagamento, não sendo necessário atualizar o boleto;
  • Não serão mais aceitos boletos sem valor ou sem data de vencimento. Além disso, no caso de inconsistências de dados ou valores, os pagamentos não serão aceitos. Vai haver mais estornos automáticos por inconsistência. O estorno ocorrerá automaticamente na compensação ou imediatamente no pagamento;
  • Alterações no boleto exigirão novo registro. Caso sejam feitas alterações no boleto, como na data ou no valor, o boleto terá de registrado novamente junto ao banco, através de arquivo remessa;
  • Bancos podem cobrar taxas adicionais. Na realidade do boleto registrado, os bancos podem cobrar taxas de registro, liquidação, permanência e baixa.

Para saber mais sobre a utilização da ferramenta e/ou se está devidamente habilitado para continuidade de uso do módulo Boletos Bancários no Hmax, entre em contato com nossa equipe de suporte.

Outras dúvidas, enviar e-mail para suporte@hmax.com.br

Equipe Hmax.

Sobre Cachoeira

Co-Fundador CEO da HMAX Automação Hoteleira.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *