Descubra as tendências no setor hoteleiro para os próximos anos

Tempo de leitura: 7 minutos

Observar as últimas tendências no setor hoteleiro é essencial para garantir a sobrevivência da sua própria rede de hotéis.

A cada ano, a tecnologia e a inovação contribuem cada vez mais para trazer novos produtos e serviços.

A boa notícia é que o segmento de hotelaria vem se transformando constantemente. Novos mecanismos e abordagens estão ganhando espaço.

São práticas que incluem desde a melhoria dos agendamentos até como aproveitar melhor os espaços e garantir mais comodidade e conforto para os hóspedes.

Neste artigo, reunimos algumas tendências no setor hoteleiro que devem impactar ainda mais o mercado.

São alternativas que buscam a otimização de serviços com o intuito de oferecer uma experiência de hospedagem cada vez melhor. Acompanhe!

E-commerce: tendências em hotelaria

Sim, de agora em diante os sites dos hotéis serão tratados como um e-commerce. E nos próximos anos será mais comum ver as funções de analista de e-commerce e gerente de e-commerce dentro da hoteleria.

Do mesmo modo, as estratégias específicas de conversão, identificação e engajamento dos usuários do site do hotel serão muito mais utilizadas.

Há pouco tempo, os hotéis se preocupavam somente em atrair pessoas para a própria página, porém agora perceberam que necessitam muito mais do que apenas uma ferramenta de reservas.

Se as ligações telefônicas e o envio de e-mails para consultar preços e a disponibilidade do hotel estão caindo em desuso, então surge a necessidade de captar os visitantes que abandonam o site após o primeiro acesso.

Com o intuito de evitar que eles comprem uma estadia na concorrência, estão sendo desenvolvidas novas estratégias a fim de trazê-los de volta, o que é bastante promissor, não é mesmo?

Atualmente, cerca de somente 3% das visitas do site de um hotel transforma-se em reservas. A meta do setor é aumentar esse percentual astronomicamente.

A recente tecnologia Timer — que foi criada para aumentar a exposição e a divulgação de campanhas nas páginas dos hotéis — já está sendo utilizada em muitos estabelecimentos do país com sucesso, pois otimiza a conversão online de forma certeira e eficiente.

Maturação e expansão das plataformas de mídias sociais

A tendência é que as plataformas de mídias sociais vão amadurecer e um número menor de serviços entrarão em cena.

Dependendo de quanto esforço sua rede de hotéis investe em redes sociais, provavelmente você não terá muita preocupação pela frente, ou então somente deverá cumprir o que já tem definido e em andamento.

As mídias sociais são extremamente relevantes durante as etapas de pesquisa e comparação de viagens. Quando um potencial hóspede pesquisa redes de hotéis, a chance de ele te encontrar pela internet é muito maior.

Sem contar que as redes sociais também são excelentes para chamar a atenção de pessoas que nunca ouviram falar de você.

Marketing e comunicação de pessoa para pessoa

Cada vez mais no universo da comunicação e do marketing constata-se que, independentemente do segmento de negócio, as comunicações devem ser idealizadas sempre de pessoa para pessoa, e graças a esse contexto todos os empreendimentos tornam-se H2H (Human to Human).

Mesmo em um ramo B2C (negócio para consumidor) como é o setor hoteleiro, as abordagens devem ser estruturadas de maneira mais pessoal. E o que isso pode contribuir com seu hotel? Muito!

Em vez do tema do seu e-mail marketing ser:

“Promoção de final de ano com 25% de desconto”, que evidentemente é uma mensagem de algum negócio empurrando um produto/serviço forçosamente, hoje, busca-se um contato mais indireto, que desperte curiosidade, como se fosse você mesmo recomendando a um conhecido aquela experiência de fim de ano no hotel.

Dessa forma, o assunto do e-mail seria: “Ei, você vai curtir essa opção de fim de ano com sua família”.

Da mesma maneira essa mudança de abordagem afetará as comunicações nas mídias sociais e também os textos/descrições nos sites de hotéis.

Em breve veremos anúncios menos diretos e técnicas de marketing hoteleiro mais pessoais.

Campanhas em vídeo

Vídeos para promover hotéis serão muito mais frequentes. Para você ter uma ideia do impacto disso, o Facebook agora dá preferência para postagens/conteúdos em vídeo e o YouTube segue como um dos canais mais eficientes.

Esse tipo de abordagem é bastante versátil e acessível, podendo ser feita de diversas formas diferentes. Atualmente, muitas pessoas e empresas usam vídeo em diferentes plataformas para instigar e educar potenciais consumidores.

Sendo uma marca relacionada ao turismo, existe uma diversidade infinita de vídeos que você pode criar para chamar a atenção do hóspede em potencial.

Mostre seu estabelecimento hoteleiro, equipe, eventos locais, cardápio de seu restaurante, pontos turísticos da região, etc. É possível testar praticamente todas as possibilidades e ver o que realmente funciona.

Renovação de design

A nova geração, além de muito atrelada à tecnologia, valoriza bastante o conceito e identidade visual das empresas. Diante disso, o design de hotéis pode ser um aspecto determinante para a escolha do estabelecimento.

Seguindo essa tendência, muitos hotéis estão investindo em uma arquitetura mais singela e objetiva, com locais decorados que são compatíveis entre si e seguem a intenção que a marca gostaria de transmitir.

Até mesmo os hotéis que são frequentados por pessoas de classe média estão utilizando uma postura mais descolada, com foco em um público mais jovem.

Além disso, o retrofit — renovação de prédios e estabelecimentos antigos — atualiza instalações com equipamentos que visam a sustentabilidade, sendo mais econômicos e modernos, o que dá um charme e tanto para locais e ambientes cheios de história.

Novos conceitos para o setor de alimentos e bebidas

Antes, pensava-se em concentrar todos os esforços com a técnica revenue management (prática gerencial que prevê a demanda de consumidores e seu comportamento no micromercado) no preço dos quartos.

Hoje, os hotéis estão mudando toda a experiência dos hóspedes para potencializar o lucro também com bebidas e alimentos.Para obter sucesso com isso, os ambientes estão sendo alterados.

Se antes existia um local de jantar, separado do bar, agora a estrutura tenta unir ao máximo os dois locais para atrair a nova geração “millennial” de hóspedes que gosta de trabalhar com tablet ou notebook, bebendo algo no bar do hotel, e conversando com outras pessoas, em vez de ficarem isolados em uma mesa, dentro do próprio quarto.

Nesta nova realidade, degustar o prato típico do próprio hotel com a presença do chef, integrando os visitantes, e com uma pequena festa no bar após a refeição, pode ser mais estimulante do que ir a um restaurante da cidade, por exemplo.

Esse tipo de opção pode gerar um sentimento de retorno nos hóspedes, sendo que a probabilidade deles falarem bem do estabelecimento para outras pessoas também aumenta consideravelmente.

Se você gostou de conhecer as tendências no setor hoteleiro, aproveite esta oportunidade e deixe seu comentário com suas dúvidas e considerações sobre o assunto!

Sobre Cachoeira

Co-Fundador CEO da HMAX Automação Hoteleira.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *