A importância da gestão financeira em hotéis

Tempo de leitura: 3 minutos

É possível que você conheça alguém ou já tenha ouvido de um conhecido com uma empresa que tem um alto faturamento, mas frequentemente vive na limiar entre o crescimento e a falência. Por mais que trabalhe, o dinheiro no final do mês parece simplesmente desaparecer das contas da empresa. É possível que você esteja vivendo algo similar agora. Isto é um claro sinal de que você pode estar com problemas em sua gestão financeira.

A empresa sem uma boa gestão financeira é como uma caixa d’água cheia de buracos: por mais que você encha, e ela até se mantenha assim por um tempo, sempre acaba ficando vazia. Se você não resolver os buracos, não importa a quantidade de água que você vai colocar. Da mesma forma, sem a gestão financeira, é impossível perceber esses “buracos” por onde o seu dinheiro sai. A realidade só te alcança no final do mês, quando o saldo está negativo.

No ramo hoteleiro não é diferente. Com a ausência de controle e os problemas com a gestão financeira, ficamos sujeitos a acabar com despesas superiores às receitas alcançadas, o que consequentemente afeta a nossa capacidade de investir em maior qualidade de estrutura e de serviço prestado, e acaba tornando o estabelecimento pouco competitivo e sem oportunidades para prospectar novos clientes. Se pareceu para você uma bola de neve, é exatamente o que é.

Para ajudar você a dar o primeiro passo, a HMAX separou algumas dicas simples de como iniciar sua gestão financeira.

PLANEJAMENTO: Não podemos seguir em uma direção, sem definir qual o percurso trilhar. Você precisa entender qual a sua situação financeira atual. Liste os seus objetivos e como você pode atingi-los. Quais serão as mudanças em seu operacional para conseguir fazer as engrenagens girarem. Registre os seus recursos financeiros. O crescimento saudável depende de planejamento.

FLUXO DE CAIXA: Antes de controles mais complexos, você precisa se ater ao básico: controlar as entradas e saídas. Defina as receitas e despesas, além das contas a pagar e a receber, acompanhando os vencimentos e evitando o pagamento de multas e juros por atraso.

CUSTOS E DESPESAS: Você vai se surpreender com os lugares para onde o seu dinheiro pode estar saindo. É importante levantar e registrar todas as saídas, mesmo que seja uma garrafa de água. O levantamento deve ser feito em todas as áreas do hotel, definindo os gastos isolados de cada setor, pois só assim você poderá enxergar, com clareza, a realidade do fluxo financeiro de sua empresa.

CALENDÁRIO DE PAGAMENTOS: A base da gestão financeira é a organização. Você pode ter uma memória fotográfica e, ainda assim, não será capaz de lembrar todos os vencimentos de suas despesas. Então, organize por datas tudo que você precisa pagar no mês. Assim, não precisa depender de sua memória e não vai correr o risco de deixar algo para trás, resultando em juros e multas desnecessários.

CUIDADO COM AS ANTECIPAÇÕES: É improvável que você possa segurar o dinheiro de uma antecipação (levando em conta que ele pode ser feito 6 meses antes da data da reserva, por exemplo). Mas é importante estar preparado para possíveis cancelamentos e a responsabilidade de devolver esses valores, de acordo com a política do hotel. Isso evita que você tenha problemas com o cliente e acabe por prejudicar a imagem da sua empresa.

GESTÃO DE ESTOQUE (patrimônio, produtos e insumos): O estoque é como uma montanha de dinheiro parado. Sem gestão, você não só pode correr o risco de ficar sem produtos em momentos cruciais, quanto acabar com quantidades absurdas que serão descartadas por estarem fora do vencimento. Literalmente, dinheiro jogado no lixo. Manter uma boa gestão de estoque vai evitar os extremos e garantir que o seu dinheiro seja investido com inteligência.

Ainda que simples, essas dicas podem provocar uma grande mudança na estrutura do seu negócio e na maneira como você organiza e gerencia o fluxo financeiro da empresa.

Sobre Cachoeira

Co-Fundador CEO da HMAX Automação Hoteleira.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *